JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Estreia segura deve manter Walter no time do Corinthians

Walter e Danilo Fernandes disputam vaga para a partida da Copa do Brasil

Raphael Ramos, O Estado de S. Paulo

21 de outubro de 2013 | 07h30

SÃO PAULO - Sem Cássio, machucado, Tite vai conversar nesta segunda-feira com o preparador de goleiros Mauri Costa Lima para decidir quem será o titular contra o Grêmio, quarta-feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil, em Porto Alegre. A disputa está entre Walter e Danilo Fernandes. O primeiro leva vantagem depois da atuação segura que teve diante do Criciúma, sábado, em Itu.

Contratado do União Barbarense após o Campeonato Paulista, Walter fez seu primeiro jogo pelo Alvinegro no sábado e não sentiu o peso da estreia. Ele deixou o banco aos 22 minutos do primeiro tempo depois de Cássio sentir uma lesão na coxa direita e fez duas grandes defesas, ajudando a equipe a quebrar um jejum de quatro jogos sem vitória. A boa atuação rendeu elogios de Tite. “Era o primeiro jogo dele e uma falha poderia prejudicar toda a sua carreira. Mas ele foi muito bem e deu conta do recado”, disse Tite.

Neste domingo, Cássio usou as redes sociais para dizer que as dores diminuíram e que hoje será submetido a exames para saber a gravidade da lesão. Sábado, o jogador precisou deixar o gramado amparado porque não conseguia apoiar o peso do corpo na perna direita. Depois, ficou se contorcendo de dor no banco.

Ainda no intervalo do jogo, o médico Guilherme Runco avisou que o problema era sério e que Cássio já estava vetado do jogo com o Grêmio. Assim, Walter e Danilo Fernandes não disputam apenas a vaga de titular para a partida de quarta-feira, mas possivelmente para o restante da temporada. Outra novidade do Corinthians para enfrentar o Grêmio deve ser a volta de Renato Augusto entre os titulares. Depois de mais de dois meses fora por causa de uma lesão no joelho direito, o meia retornou à equipe no sábado (jogou o segundo tempo

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansWalterfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.