Estrelas do Corinthians jogam para salvar Antônio Lopes

Os 64 anos de vida e os mais de 30 trabalhando no futebol serviram para Antônio Lopes perceber quando precisa dos jogadores. Ele sabe que o seu cargo depende de um bom resultado do Corinthians, nesta quinta-feira, às 23h15 (horário de Brasília) contra o Tigres, em Monterrey, no México. Kia Joorabchian foi de Londres até o México só para acompanhar de perto esta partida.Em Monterrey, Lopes usou a desculpa de um vídeo sobre o Tigres para conversar sobre a necessidade de vencer o jogo. E pediu união. As estrelas do time - Tevez, Roger, Mascherano e Ricardinho se comprometeram com ele. Vão jogar por ele.?O que aconteceu no Campeonato Paulista não interessa agora. O Corinthians quer ganhar é a Libertadores. E estamos bem na competição. Não há razão para qualquer pressão sobre o Lopes. Está tudo tranqüilo, tranqüilo?, repetia Carlitos Tevez.?O Lopes está bem e nós também. As coisas estão sob controle. Estamos focados no Tigres. Sabemos que a partida é importante, mas não decide nada. Nós, jogadores, temos consciência que tudo está normal?, discursa Ricardinho.As estrelas corintianas se uniram e seguiram o mesmo discurso. Diminuindo a importância do Campeonato Paulista, acreditam que a situação fica mais tranqüila para Lopes e para eles mesmos.Depois de ganhar psicologicamente o grupo, Lopes tratou de montar o time da melhor maneira que encontrou. Como Rosinei não aceita jogar pela lateral direita e o treinador não quer forçá-lo a fazer o que não quer, o Corinthians deslocará Marcelo Mattos para a posição. Além dele, três zagueiros: Marcus Vinícius, Betão e o improvisado Wendel.Marcus Vinícius faz tratamento intensivo para se recuperar de um entorse no tornozelo direito. Caso não se recupere, o volante Xavier entrará no seu lugar e Marcelo Mattos passará a zagueiro.Lopes quer proteger ao máximo o goleiro Herrera. A aposta do treinador é que se conseguir se defender bem, o time reforçado das estrelas Tevez e Ricardinho acabará fazendo pelo menos um gol. Foi o que aconteceu no jogo diante do Deportivo Cali na Colômbia. O Corinthians optará pelos contragolpes em velocidade. Pelo treinamento no México, ficou claro que o time explorará preferencialmente o lado esquerdo do time com Gustavo Nery, Ricardinho e Tevez.?Nós temos em mente que deveremos ter poucas oportunidades no jogo. Nesta primeira Libertadores que estou disputando, já aprendi que o importante é não desperdiçar. Eu acredito que temos condições de vencer o Tigres e recuperar os pontos que perdemos empatando com o Universidad Católica no Pacaembu. Deixamos de ganhar três pontos na nossa casa. Isso é quase imperdoável na Libertadores. A chance de nos recuperar é contra o Tigres?, analisa Nilmar.Ricardinho destaca que o Corinthians precisa ter muita paciência e valorizar ao máximo a posse de bola. Lopes tem informações e as repassou aos principais jogadores do time que os mexicanos correm muito. Procuram impor um ritmo frenético desde os primeiros minutos da partida.?Precisamos ter inteligência. O Corinthians tem condições de determinar a velocidade da partida. Só depende da nossa maneira de jogar?, ensina o meia.A pressão que os jogadores brasileiros esperavam não está acontecendo no México. Muito pelo contrário. Torcedores do Tigres se mostram muito mais preocupados com o clássico local diante do Monterrey no domingo do que com a partida contra o Corinthians pela Libertadores.A imprensa local tem insistido com os jogadores do Tigres para que eles tomem cuidado e não se machuquem contra o Corinthians por causa do clássico contra o Monterrey.O Corinthians deverá viajar de volta para o Brasil logo após o jogo. A previsão de desembarque em Cumbica é de 16h30 desta sexta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.