Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Estruturas complementares da Copa começam a ser instaladas nas arenas

Estádios do Mundial recebem equipamentos de segurança e mobiliário, entre outros itens

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2014 | 06h56

SÃO PAULO - A Fifa começa a fazer a instalação gradativa das estruturas complementares nas arenas da Copa. A entidade já está trabalhando em todos os estádios do Mundial e tem um prazo apertado para deixar os locais prontos para receber os jogos do torneio.

"Nas próximas semanas estaremos focados em adequar o palco para o show, ou seja, receber equipamentos, instalar mobiliários, colocar a decoração nos estádios e garantir que tudo esteja nas melhores condições para os jogos da Copa", explica Tiago Paes, gerente geral de integração operacional do COL (Comitê Organizador Local).

O primeiro trabalho é instalar as estruturas de segurança, centros de transmissão e de tecnologia da informação, vilas de hospitalidade em cinco das 12 sedes, centros de credenciamento e centros de voluntários. A previsão é que até o fim de maio esses itens já tenham sido implantados.

Depois, são montados os centros de imprensa, tribunas de imprensa e comentaristas, plataformas de câmeras, estúdios de TV, zona mista, salas de coletivas, escritórios para a Fifa e o COL, além das áreas médicas e de segurança suplementares. O último trabalho é a instalação de dos detectores de metais, sinalização específica do evento e decoração das arenas.

Tiago Paes lembra que as estruturas complementares são fundamentais para o sucesso da Copa. "Durante as competições, o grande número de jornalistas, da mídia televisiva, de voluntários, turistas e observadores, entre outros, demanda a implantação de uma estrutura especial - que, ressalte-se, somente é necessária durante o evento. Portanto, é preciso prover instalações de trabalho de maneira temporária. Da mesma forma, os padrões de segurança das competições são bem mais restritivos do que os usualmente adotados no Campeonato Brasileiro, requerendo aparelhos especiais para checagem de pessoas e objetos", conclui.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.