Estudante diz que não quer se promover às custas de Ronaldo

Jovem de 19 anos alega que apenas dançou nos ombros do jogador e não vê malícia na brincadeira dos dois

Redação,

30 de janeiro de 2009 | 14h27

Depois de dançar sobre os ombros do jogador Ronaldo, a estudante Camila Mendes, de 19 anos, disse que nunca pensou em se promover às custas do atacante do Corinthians. Os dois foram fotografados na quinta-feira, 22, em uma boate, na zona sul de São Paulo. "Não penso em posar para uma revista masculina. Meu pai é muito conservador e nunca permitiria isso", afirmou a jovem em entrevista ao programa "Hoje em Dia", da Rede Record. Veja também:Corinthians culpa rivais e crise por não ter patrocínio Corinthians promove três campeões da Copa São PauloRonaldo desmente problemas com namorada Ouça os gols no Território Eldorado Paulistão 2009 - Tabela e classificaçãoConfira as novidades do mercado do futebol Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão   A jovem disse ainda que não namoraria o atacante, mesmo que ele fosse solteiro. "Ele não é feio, mas bonito também não é. Ele não tem o tipo físico que eu goste", completou. Desde que chegou ao Corinthians, em dezembro, Ronaldo ainda luta para recuperar sua melhor forma, antes de estrear.   Mas como teria começado a brincadeira de dançar sobre os ombros do jogador? Camila disse que a iniciativa partiu do próprio Ronaldo, quando a convidou para subir em suas costas. Depois disso, um dos seguranças do jogador pediu para ela descer. "Desci na boa e continuei dançando", afirmou a jovem, que também não tem medo do rótulo "Maria Chuteira". "Não teve malícia na brincadeira. Não teve beijo. Nada", concluiu.   A nova polêmica irritou o empresário do jogador, Fabiano Farah, que alegou que qualquer boato vira prato cheio para a mídia, quando se trata do atacante. Farah ainda negou que Ronaldo tenha se separado da sua noiva, a engenheira Maria Beatriz Anthony, que no último sábado, festejou o um mês de vida da filha Maria Sophia.   Dentro de campo, Ronaldo disse que está otimista para jogar. Ele acredita que entrará no gramado a partir de março. "O apoio de todos está sendo incrível. Juntos, vamos conseguir atingir todos os nossos objetivos. Não tenho dúvida", disse o jogador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansRonaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.