Twitter/Flamengo
Twitter/Flamengo

Estudiantes confirma que Verón não poderá enfrentar Botafogo nesta terça

Jogador foi suspenso em 2011 e não cumpriu

O Estado de S.Paulo

14 de março de 2017 | 12h58

O Estudiantes confirmou na manhã desta terça-feira que o jogador Juan Sebastian Verón vai desfalcar o time argentino no duelo contra o Botafogo, nesta noite, no Engenhão, por causa de suspensão aplicada ainda no ano de 2011. Os dois times vão estrear nesta terça na fase de grupos da Copa Libertadores.

Verón sofreu gancho de três jogos por ter sido expulso na partida contra o Arsenal, pela Copa Sul-Americana de 2011. Desde então, o meia não disputou mais jogos em torneios organizados pela Conmebol e até chegou a se aposentar - voltou neste ano, acumulando também a função de presidente do clube argentino. Por isso, a suspensão ainda não havia sido cumprida.

O Estudiantes, contudo, informou nesta terça que a suspensão foi reduzida para apenas um jogo. Segundo o clube, a diminuição da pena foi obtida no ano passado, em reunião com a Conmebol. Assim, Verón poderá jogar na próxima rodada, após desfalcar o time argentino contra o Botafogo nesta terça.

Mesmo se estivesse liberado, o meia de 42 anos não seria titular nesta noite. Seria apenas opção no banco de reservas. Ele decidiu retornar aos gramados no fim de 2016, após fazer o desafio de que vestiria a camisa do clube nesta temporada se os torcedores adquirissem ao menos 65% dos carnês de ingressos colocados à venda. Com a meta alcançada, o meia está cumprindo o acordo.

A baixa de Verón por causa da punição sofrida em 2011 foi anunciada somente nesta terça, depois que Conmebol notificou o Estudiantes sobre a antiga pena. O meia e presidente do clube veio com o time para o Rio de Janeiro e até treinou no CT do Flamengo na segunda, em preparação para o jogo que pretendia disputar nesta terça.

Por causa da distância de seis anos entre o anúncio da pena e sua execução, até a própria Conmebol esqueceu da suspensão. No início da semana, a entidade publicava em seu site texto sobre a estreia do Estudiantes incluindo Verón como opção do treinador para o jogo no Engenhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.