Estudiantes é recebido por multidão na Argentina

Uma multidão com camisetas e bandeiras alvirrubras recebeu, em Buenos Aires, como heróis os jogadores do Estudiantes, que conquistaram o tetracampeonato da Copa Libertadores. Outras centenas de fãs os esperavam em La Plata para agradecer-lhes pela conquista do primeiro título internacional após 39 anos.

AE, Agencia Estado

16 de julho de 2009 | 18h50

O Estudiantes venceu o Cruzeiro por 2 a 1 na quarta-feira, no Mineirão, e repetiu as conquistas de 1968, 1969 e 1970 da Libertadores. O plantel argentino desembarcou no Aeroporto Internacional de Ezeiza, procedente de Belo Horizonte. Os jogadores entraram em um carro aberto, com a inscrição "Campeão da América de 2009" e o escudo do Estudiantes.

Com camisetas e agitando bandeiras, torcedores iniciaram uma grande festa logo após o início da carreata. A comemoração foi repetida pelos jogadores, que pulavam no veículo, com algumas bandeiras, inclusive do Atlético Mineiro, principal rival do Cruzeiro, derrotado na noite de quarta-feira.

Um dos jogadores mais eufóricos era o capitão Juan Sebastián Verón, que usava uma camisa com a inscrição "El Pincha Manda", abraçado ao troféu da Libertadores e fumando um charuto. Verón, eleito o melhor jogador da final contra o Cruzeiro, repetiu seu pai Juan Ramón Verón, campeão três vezes seguidas da Libertadores.

Em ritmo lento, por conta da quantidade de torcedores e de veículos que o escoltavam, o carro aberto seguiu pela estrada até La Plata. Na cidade, eram esperados por centenas de torcedores em frente ao palácio municipal, onde seriam recebidos pelas autoridades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.