Estudiantes ganha e segue vivo na Copa Libertadores

O Estudiantes sofreu, mas conquistou uma importante vitória em sua luta por mais uma conquista da Copa Libertadores da América. Atual defensor do título, o time argentino derrotou o Bolívar, da Bolívia, por 2 a 0, nesta terça-feira, em Buenos Aires, e se manteve vivo na briga pela classificação às oitavas de final.

AE, Agencia Estado

24 de março de 2010 | 00h06

Com os três pontos obtidos no jogo que encerrou a quarta rodada do Grupo 3, o Estudiantes chegou a sete e assumiu a vice-liderança da chave. O primeiro colocado é o Alianza Lima, do Peru, que tem nove. O Juan Aurich, também peruano, está em terceiro com um ponto a menos que os argentinos. O Bolívar é o lanterna com apenas um ponto.

Os gols da vitória do Estudiantes só foram feitos no segundo tempo. O primeiro foi marcado pelo meia Sosa, logo aos cinco minutos. O triunfo foi consolidado aos 32, quando o atacante Boselli aproveitou um cruzamento do lado esquerdo e só teve o trabalho de dar um toque para colocar a bola dentro do gol.

EMPATE NO PARAGUAI - Pelo Grupo 4, em Assunção, Libertad e Universitário, do Peru, empataram por 1 a 1. O resultado manteve as duas equipes na liderança da chave, com oito pontos cada. Nesta quarta, Lanús (terceiro, com três pontos) e Blooming (lanterna sem pontuar) completam a quarta rodada da chave.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresEstudiantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.