Estudiantes supera Danúbio e assume liderança na Libertadores

Time argentino não tem problemas para bater uruguaios por 2 a 0; destaque do duelo é o veterano Verón

Efe,

18 de março de 2008 | 21h51

O Estudiantes de La Plata superou nesta terça-feira o Danúbio por 2 a 0, na Argentina, e chegou aos sete pontos no Grupo 2 da Copa Libertadores. Veja também: Classificação Calendário e resultados da Libertadores O primeiro gol da partida saiu aos 44 minutos do primeiro tempo, com o veterano Sebastián Verón cobrando pênalti. Aos 30 da etapa final, o zagueiro Leandro Desábato fechou o placar. O jogador se tornou famoso em 2005, ao ter sido preso logo após a partida entre o Quilmes - sua equipe à época - e o São Paulo, no Morumbi, por ter ofendido com insultos racistas o atacante Grafite. O resultado deixa o Estudiantes na ponta, seguido dos também argentinos do Lanús e do Deportivo Cuenca, do Equador, ambos com cinco pontos. Os uruguaios seguem na lanterna, com apenas um.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa LibertadoresDanúbioEstudiantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.