Divulgação
Divulgação

Etiópia avança e África do Sul fica fora da Copa de 2014

Seleção está garantida nos mata-matas decisivos da competição

AE, Agência Estado

07 de setembro de 2013 | 16h56

DURBAN - Conhecida esportivamente pelos seus fundistas, a Etiópia está a dois jogos de disputar a sua primeira Copa do Mundo. Neste sábado, o time etíope venceu a República Centro-Africana, fora de casa, por 2 a 1, de virada, e garantiu classificação para os mata-matas decisivos das Eliminatórias Africanas, quando dez times vão jogar por cinco vagas na Copa.

O resultado também deixou a África do Sul, anfitriã da última Copa, fora da edição 2014 do Mundial. Neste sábado, os sul-africanos até fizeram a parte deles, vencendo Botsuana por 4 a 1, mas como a Etiópia já estava na frente antes da última rodada, ficou com a classificação pelo Grupo A.

Outro time que tenta ir à primeira Copa é Burkina Fasso. A equipe venceu o Gabão por 1 a 0 neste sábado, contou com tropeço do Congo, que empatou em 2 a 2 com o lanterna e já eliminado time do Niger, e avançou pelo Grupo E, com 12 pontos, ante 11 dos congoleses.

No Grupo F, nenhuma surpresa. Atual campeã africana, a Nigéria venceu Malauí em casa, por 2 a 0, e garantiu o primeiro lugar e a vaga no mata-mata. Já classificada, a Costa do Marfim cumpriu tabela neste sábado e empatou em 1 a 1 com Marrocos, em casa, pelo Grupo C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.