Eto'o quer dividir responsabilidade em Camarões

Principal destaque e capitão da seleção de Camarões, o atacante Samuel Eto?o procurou neste domingo diminuir sua importância para a equipe no confronto contra o Egito, nesta segunda-feira, pelas quartas de final da Copa Africana de Nações.

AE, Agencia Estado

24 de janeiro de 2010 | 18h41

"Tenho a mesma responsabilidade que o restante do time tem", afirmou o atacante da Inter de Milão neste domingo. "Não entendo todo esse foco sobre mim. Somos 23 camaroneses para defender as cores da nação. Os jovens estão indo especialmente bem após as mudanças que fizemos contra a Tunísia".

Eto'o procurou também minimizar a ida para o banco de Rigobert Song e Geremi, dois dos mais experientes jogadores da seleção camaronesa. "Esta não é uma competição que envolve apenas Samuel Eto?o, Rigobert Song ou Geremi. Os outros jogadores que estão aqui também são importantes".

Sobre a partida contra o Egito, o atacante revelou que espera encontrar dificuldades, mas demonstrou confiança para conseguir um bom resultado. "Eles têm um time muito experiente e também estão bem preparados, mas estou confiante na capacidade dos jogadores e na estratégia do nosso técnico", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.