Eto'o tem seu salário cortado para pagar pensão à ex-mulher

Tribunal da cidade de Mallorca obriga o jogador a pagar 9 mil euros da pensão

Efe

17 de janeiro de 2008 | 16h04

O Barcelona deverá retirar uma pequena parte do milionário salário do atacante camaronês Samuel Eto'o para pagar a pensão mensal de seu filho e sua ex-mulher Marián Pineda. Segundo o Diário de Mallorca, um tribunal da cidade obrigou Eto'o a pagar 9.000 euros da pensão, valor acumulado desde abril. Pineda apresentou um processo exigindo o pagamento da quantia e foi atendido pela juíza.Até agora o jogador pagava a parte da pensão relativa às despesas do filho, mas não à mãe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.