Etti é campeão; S.André também sobe

Com um gol de pênalti, aos 48 minutos do segundo tempo, o Santo André venceu o Ituano por 1 a 0, neste sábado à tarde no Grande ABC, garantindo a segunda vaga do acesso para a série A-1 - primeira divisão - na temporada de 2002. A outra vaga ficou com o Etti Jundiaí, que confirmou o título do Campeonato Paulista da Série A-2 ao vencer o Paraguaçuense, por 2 a 1. Dois clubes tradicionais estão rebaixados para a terceira divisão: São José e Comercial, de Ribeirão Preto. Num jogo bastante nervoso, o Santo André só chegou à vitória nos acréscimos. Aos 45 minutos, o juiz Paulo César de Oliveira marcou pênalti do zagueiro Erivélton, que teria agarrado pela camisa o centroavante Sandro Gaúcho. Apesar dos protestos dos jogadores do Ituano, o meia Adãozinho cobrou e marcou o gol do vice-campeonato. Festa no estádio Bruno José Daniel, que recebeu mais de 16 mil torcedores. Ao Ituano restava vencer o jogo para garantir o acesso. Com o empate no ABC, a segunda vaga ficaria nas mãos do Juventus, que venceu o Sãocarlense, por 2 a 0, na Rua Javari, com gols de Edivaldo e Alex Alves, de pênalti. Em Jundiaí, o Etti finalmente fez a festa com sua torcida ao vencer o Paraguaçuense, por 2 a 1, confirmando o título. Os gols do Etti foram marcados por Marcinho e Fábio Gomes, ainda no primeiro tempo, com Marcelo França descontando para o time visitante. O estádio Jaime Cintra também estava lotado, com os torcedores fazendo uma bonita festa mesmo antes do jogo. O Etti terminou em primeiro lugar com 65 pontos, três pontos a mais que o Santo André, vice-campeão. A luta para fugir do rebaixamento ainda não acabou. Três times terminaram empatados na última posição com 30 pontos: São José, Comercial e Paraguaçuense. Mas o time de Paraguaçu Paulista escapou por ter mais vitórias que os dois concorrentes - 8 contra 6 . O São José ainda espera se livrar da terceira divisão porque aposta na perda de cinco pontos por parte do Sãocarlense, que ficaria com apenas 27 pontos. O time de São Carlos usou o lateral Jamur de forma irregular num jogo contra o Etti Jundiaí, já tendo perdido os pontos em primeira instância. A sentença, porém, está sub judice porque houve recurso. O São José tem um saldo de gols melhor do que o Comercial (22 negativos contra 34 negativos). Em campo, o São José fez sua parte ao golear o desmotivado Olímpia, por 4 a 1, no Vale do Paraíba. Os gols foram marcados por Vaguinho, Ricardo, Marcos Venâncio e Alex, enquanto Paulinho, de pênalti, fez o gol de honra do Olímpia. Mesmo atuando no estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto, o Comercial só empatou com o Rio Preto, em 3 a 3, levando o ponto extra na cobrança de pênaltis. Mas só a vitória livraria o time da Série A-3. Marcelo Tavares, Vagner e Anselmo marcaram para o Comercial, enquanto Erlon, Guin e Alan anotaram para o Rio Preto. O atacante Guin encerrou o campeonato como principal artilheiro, com 20 gols. Três jogos foram disputados apenas para cumprimento da tabela, porque não lutavam contra o rebaixamento e nem para chegar ao acesso. Em Mirassol, o time da casa venceu a Francana, por 2 a 0, com gols Andradina, cobrando pênalti, e Cacá, ambos no segundo tempo. Em Rio Preto, o América venceu o Bragantino, por 1 a 0, com gol de Rovilson. Em Araçatuba, o AEA ganhou do Nacional, por 4 a 3, com gols de André Cunha, Adilson, Ricardo Miranda e Pimenta. Para o Nacional marcaram Celsinho (2) e Alexandre. Resultados: Juventus 2 x 0 Sãocarlense; Araçatuba 4 x 3 Nacional; Etti Jundiaí 2 x 1 Paraguaçuense; Santo André 1 x 0 Ituano; São José 4 x 1 Olímpia; América 1 x 0 Bragantino; Mirassol 2 x 0 Francana e Comercial(3) 3 x 3 (2)Rio Preto. Classificação final: 1) Etti Jundiaí 65; 2) Santo André 62; 3) Juventus 60; 4) Ituano 58; 5) América 46; 6) Olímpia 45; 7) Araçatuba 44; 8) Rio Preto 43; 9) Mirassol 41; 10) Francana 39; 11) Nacional 38; 12) Bragantino 37; 13) Sãocarlense 32; 14) Paraguaçuense 30 (8 vitórias); 15) São José 30 (saldo de gols negativo 22); 16) Comercial 30 (saldo de gols negativo 34).

Agencia Estado,

30 de junho de 2001 | 17h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.