Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

'Eu me vejo nele', diz Gabriel sobre jovem atacante Rodrygo, do Santos

Jogador de apenas 17 anos marcou três gols na goleada do Santos sobre o Vitória

O Estado de S.Paulo

04 Junho 2018 | 07h00

O atacante Gabriel, do Santos, disse que o momento vivenciado pelo jovem companheiro Rodrygo é semelhante ao que passou quando subiu das categorias de base para os profissionais do alvinegro.

+ Veja a classificação do Campeonato Brasileiro

Jair Ventura respira aliviado com goleada do Santos e espera 'voltar aos trilhos'

"Eu me vejo nele. É um menino muito trabalhador, um menino muito sério, muito humilde, escuta bastante também. É muito inteligente. É um cara diferente, apesar de muito jovem. E tem muito a crescer e ajudar a gente", afirmou Gabriel, na saída com campo, após a goleada do Santos por 5 a 2 sobre o Vitória neste domingo, na Vila Belmiro, pela nona rodada com Campeonato Brasileiro. O triunfo tirou o clube da zona de rebaixamento. Agora é o 15º colocado, com nove pontos.

Rodrygo fez três gols e deu a assistência para Gabriel marcar o quinto da partida. O tento saiu de uma grande defesa do goleiro Vanderlei, que também foi elogiado. "Importante é a vitória, estou contente pelos gols, pela partida, por voltar a vencer. Vanderlei é um cara excepcional. Foi uma jogada muito bonita: um milagre dele, depois um passe do Rodrygo e uma conclusão bem feita. Então foi um belo gol coletivo."

O camisa 10 do Santos atribui à sorte o elevado número de gols na partida, após a equipe ficar quatro jogos sem balançar as redes. "É difícil explicar o motivo dessa vitória elástica. Claro que a sorte nos acompanhou hoje também. A nossa bola entrou e em alguns ataques deles a bola não entrou. Nosso time é muito competitivo, corre muito e se dedica bastante. Hoje foi um placar elástico, uma vitória muito boa para dar tranquilidade e confiança para o clássico", disse Gabriel, ao projetar o duelo contra o Corinthians, quarta-feira, às 21 horas, na arena em Itaquera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.