EUA conquistam o título da Copa Ouro

A seleção dos Estados Unidos teve mais pontaria e conquistou o título da Copa Ouro, ao derrotar o Panamá por 3 a 1 nos pênaltis, neste domingo, no Estádio Giants, em East Rutherford, nos EUA. Os ataques não funcionaram, pois o jogo ficou no empate de 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. Os norte-americanos haviam sido campeões também nas edições de 1991 e 2002 do torneio.Os 31.018 torcedores que pagaram ingresso para ir à arena de Nova Jersey viram jogo movimentado, apesar da falta de gols. A maior parte do público era composta por imigrantes panamenhos, empolgados com sua seleção, que deixou para trás concorrentes mais fortes e chegou pela primeira vez à decisão da competição promovida pela Confederação de Futebol das Américas Central e do Norte e Caribe (Concacaf).Os norte-americanos entraram em campo sob protesto, sob a alegação de que Luis Moreno jogou em situação irregular. O zagueiro panamenho recebeu dois cartões amarelos na semifinal contra a Colômbia (3 a 2), no meio da semana, e só não foi expulso porque o árbitro se confundiu.Os responsáveis pela competição decidiram liberar Moreno, mesmo depois de constatarem o erro ao analisar o videoteipe da partida.O goleiro Penedo, do Panamá, foi um dos melhores em campo, ao impedir em diversos momentos que os anfitriões ficassem em vantagem. Com isso, justificou sua inclusão na seleção de destaques da 8ª edição da Copa Ouro.Mesmo com o bom desempenho, na prorrogação Penedo quase foi traído por Carlos Rivera, que tentou desviar cruzamento e por pouco não marcou contra. Em compensação, Blanco mandou uma bola na trave esquerda do gol defendido por Keller.A serenidade contou em favor do time do técnico Bruce Arena nos pênaltis. Os norte-americanos converteram as cobranças com Quaranta, Donovan e Davis. Os panamenhos marcaram com Baloy, mas Tejada, Jorge Dely Valdes e Blanco desperdiçaram.Os EUA, 6º colocados no ranking da Fifa, só perdem em conquistas na Copa Ouro para o México, que fez a festa em 1993, 96, 98 e 2003. Como convidado, o Brasil foi duas vezes vice: 96 e 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.