Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

EUA convidam seleções da América do Sul para disputar torneio em 2020, diz jornal

Nova competição teria como principal atrativo a distribuição de quase US$ 200 milhões para as equipes

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2019 | 19h49

A Federação de Futebol dos Estados Unidos convidou as 10 seleções da América do Sul para disputar um torneio em 2020, nos EUA. A competição seria realizada na mesma época da Eurocopa.

De acordo com o jornal The New York Times, os americanos teriam oferecido quase US$ 200 milhões para as equipes convidadas. O convite foi feito nesta terça-feira em uma carta enviada pelo presidente da Federação de Futebol dos Estados Unidos, Carlos Cordeiro. Esse novo torneio intercontinenal deve ser disputado a cada quatro anos e poderia substituir a Copa América.

Cordeiro teria oferecido viagens subsidiadas e bônus por cada ponto ganho. Os campeões poderiam levar para casa um prêmio de mais de US$ 11 milhões. O assunto deve ser discutido com os dirigentes sul-americanos semana que vem em Miami.

O novo torneio teria 16 equipes e assemelharia, em estrutura, à Copa América Centenária de 2016, que reuniu nos Estados Unidos as 10 seleções da Conmebol (Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai, Equador, Venezuela, Bolívia, Peru e Colômbia) e times Concacaf (confederação formada pela América do Norte, América Central e Caribe). O torneio, vencido pelo Chile, foi considerado um sucesso financeiro. A proposta é que o torneio proposto para 2020 tenha uma fase de grupos e depois mata-mata.

A Copa América deste ano será realizada no Brasil nos meses de junho e julho e reunirá 12 seleções: dez da América do Sul e duas convidadas (Japão e Catar).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.