Eufórica, Alemanha já se considera superior aos rivais

O 1 a 0 sobre a Polônia, quarta-feira, foi suficiente para a equipe da Alemanha se considerar superior a todas as outras concorrentes no Mundial disputado em seu país. ?Estamos convencidos de que podemos ganhar de qualquer um?, disse, em Berlim, o ex-atacante e atual coordenador da seleção, Oliver Bierhoff. ?Vimos todos os times, mas poucos nos convenceram?, acrescentou. Ao comentar a folga recebida pelo grupo - do meio-dia desta quinta até a noite de sexta -, o excesso de otimismo fez o zagueiro Per Mertesacker se trair: ?Vai ser bom ter contato com a torcida de Berlim agora, não queria que isso só ocorresse na final?. A decisão do Mundial será na capital alemã, no Olimpiastadion, estádio onde a Alemanha pode jogar também na terceira fase. Mertesacker exagerou na entrevista coletiva do início da tarde e declarou que os problemas da defesa, tão criticada após o jogo com a Costa Rica (4 a 2), foram todos resolvidos. ?Nós vimos muitos vídeos da partida de estréia, conversamos bastante, treinamos duro e o resultado apareceu?, disse. ?Vamos melhorar a cada jogo?, garantiu. O ufanismo é regra. Odonkor, atacante reserva que entrou e deu o passe para o gol de Neuville contra a Polônia, não quis ser do contra. ?É excepcional a equipe que temos? e ?provamos que somos um excelente time? foram apenas duas de suas frases. Os alemães confirmaram classificação às oitavas-de-final, mas ainda vão disputar, terça-feira, o primeiro lugar do Grupo A, com o Equador - ambos têm 6 pontos. Oliver Bierhoff, no entanto, já fala como se tivessem superado os equatorianos. Nem sequer discordou ou fez qualquer ressalva à afirmação embutida na pergunta de um repórter local: ?Tudo mostra que a Alemanha será a primeira da chave. Quem seria, então, o melhor adversário para as oitavas (no caso,pela tabela, o segundo colocado do Grupo B)?. O coordenador da Alemanha respondeu que preferiria evitar o confronto com os ingleses, que ontem chegaram aos 6 pontos e lideram o Grupo B. ?Pegar Suécia ou Paraguai é melhor do que a Inglaterra.? A festa começou na quarta-feira mesmo. Momentos depois de os anfitriões conseguirem, nos acréscimos, o gol da vitória sobre os poloneses, a comemoração invadiu os vestiários do Estádio de Dortmund e se estendeu até o avião que trouxe a delegação a Berlim. Bierhoff, eufórico, aproveitou o momento para desejar parabéns ao goleiro reserva Oliver Kahn, que fez 37 anos. Parabenizou ainda o zagueiro Mertesacker por ter completado 25 partidas à frente da seleção com apenas 21 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.