Divulgação
Divulgação

Vasco anuncia técnico Celso Roth e reforços Léo Moura e Herrera

Eurico explica escolha do treinador: 'Praticamente convoquei ele'

MARCIO DOLZAN, O Estado de S. Paulo

22 de junho de 2015 | 12h19

Celso Roth foi anunciando oficialmente como novo técnico do Vasco. Além dele, o preparador físico pentacampeão do mundo, Paulo Paixão, também integrará a comissão técnica. Dentro de campo, o time cruzmaltino contará com os reforços do meia Andrezinho e do lateral Léo Moura, ambos ex-jogadores do arquirrival Flamengo, além do atacante argentino Herrera, com passagem pelo Botafogo.

Quem fez o anúncio do pacotão foi o próprio presidente do clube, Eurico Miranda, durante coletiva de imprensa que marcou a despedida de Doriva. Ao seu melhor estilo, o cartola foi direto ao responder sobre a possível identificação dos jogadores contratados com outros times do Rio.

"Jogador profissional não tem clube. Acabou essa época. Jogador profissional não tem clube. Ele hoje beija a camisa do Vasco, amanhã do outro. Não tem esse rótulo de jogador flamenguista ou não flamenguista", afirmou. "Estão sendo trazidos reforços que estão encorpando o time do Vasco."

Sobre a escolha do técnico, Eurico declarou que duas razões o levaram a optar por Celso Roth. "Primeiro que já o conheço; segundo, que eu praticamente convoquei o Celso Roth. O momento aqui precisa de uma nova linha", avaliou.

O estilo motivador do preparador físico Paulo Paixão também foi preponderante. "Claro que contribui (o estilo). E te digo que, se não fosse levado em consideração isso, ele não vinha. Vinha só o Celso. A vida dele é importante."

DORIVA

A saída de Doriva foi acertada ainda no domingo, após reunião entre o treinador e Eurico. O anúncio oficial, porém, ficou para esta segunda-feira. "Eu fiz questão de fazer essa coletiva com a presença de Doriva porque quero deixar registrado que ele teve uma passagem absolutamente vitoriosa", declarou o presidente, a despeito das oito rodadas sem vitória no Brasileirão.

Os elogios à passagem de Doriva pelo Vasco não pararam por aí. "Eu trabalhei com muitos treinadores, e em relação ao Doriva eu posso dizer que foi uma experiência muito interessante, muito proveitosa, muito gostosa", insistiu Eurico. "Quero deixar registrado que ele está saindo por um pedido dele."

O técnico retribuiu os agradecimentos e enalteceu o trabalho desenvolvido em São Januário. "Agradeço pelo apoio que sempre tive aqui no Vasco. O que construímos juntos foi muito bonito. O ambiente que temos de trabalho entre todos era muito harmonioso e realmente é difícil sair de lugares onde se é bem aceito", comentou Doriva.

Após levar o time ao título do Carioca deste ano, o treinador não conseguiu levar o time a uma boa campanha no Brasileiro - o time é lanterna isolado da competição, sem nenhuma vitória. "É difícil encontrar as respostas. Conseguimos fazer com que esse elenco de jogadores desse uma resposta positiva no Estadual, e conseguimos nosso objetivo, mas as coisas não aconteceram assim no Brasileiro, e esse acúmulo de maus resultados...", lamentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoCelso RothLéo Moura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.