Eurico ataca senadores e Rede Globo

O presidente do Vasco e deputado federal Eurico Miranda divulgou nota negando a acusação de ter desviado dinheiro do clube e da Vasco da Gama Licenciamentos (VGL), empresa que detém o direito de explorar a marca do clube, para financiar sua candidatura a deputado federal. "Novamente divulgam notícias falsas e fazem denúncias mentirosas. Tudo sem provas e através da distorção da verdade", afirmou. O principal alvo foi a Rede Globo, que exibiu reportagem sobre o deputado. "Os inimigos são fortes. A rede de televisão que detém o monopólio do futebol brasileiro se utiliza do serviço de senadores que se dispõem a lançar mentiras em troca de espaço em seus noticiários", diz a nota.Eurico afirma também que não vai desistir de denunciar a "ação dos que querem afastar o torcedor dos estádios para facilitar sua grade de programação".

Agencia Estado,

08 de junho de 2001 | 17h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.