Eurico contesta Dagoberto e avisa: 'Não pode discordar de mim no Vasco'

O polêmico presidente vascaíno Eurico Miranda não gostou das declarações de Dagoberto e avisou, nesta terça-feira: "Atleta não pode ter opinião diferente da minha no Vasco". No último domingo, o atacante se mostrou conformado com o empate do time contra o Figueirense fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro, e afirmou, ainda, que o Vasco não tem condições de disputar o título.

Estadão Conteúdo

19 de maio de 2015 | 19h04

Nesta tarde, Eurico entrou na sala de imprensa de São Januário para bradar sua posição sobre as projeções do time para a temporada, atitude incomum na rotina do clube. "O time vai disputar o título e ninguém faz e não tem direito de fazer qualquer previsão antecipada", considerou. "Atleta, profissional ou dirigente não pode ter opinião diferente da minha no Vasco."

Nas duas rodadas do Brasileiro realizadas até o momento, o Vasco obteve apenas dois empates e não marcou um gol sequer. No sábado, o time terá mais uma chance de conquistar a primeira vitória na competição. Antes disso, nesta quarta, enfrenta o Cuiabá, pela Copa do Brasil, em casa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoEurico Miranda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.