Eurico fala em facilitar para o Santos

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, admitiu nesta terça-feira que o esforço feito para vencer o Atlético-PR não deverá ser o mesmo contra o Santos, domingo, pela última rodada do Brasileiro. Em entrevista à Rádio Globo de São Paulo, o dirigente afirmou que "o jogo não vale nada" para o time carioca, ao contrário do discurso que vem fazendo no Rio. Na entrevista, o presidente do Vasco afirmou que não forçará os titulares da equipe a jogarem e informou já ter liberado o atacante Anderson, com um problema dentário, além de desobrigar o meia Petkovic a atuar, por estar com dores musculares. Eurico chegou, inclusive, a frisar que se fosse arriscar em um campeão não teria dúvidas em "apostar dobrado" no Santos.Como o Santos lidera o campeonato, depende apenas de uma vitória simples sobre o Vasco, domingo, em Rio Preto, para ficar com o título. Ao Atlético-PR resta vencer o Botafogo, em Curitiba, e ainda torcer por um tropeço santista.Também nesta terça-feira, mas no Rio, Eurico havia dito que tinha resolvido fazer o possível para obter uma vitória contra o Santos. Por isso, com objetivo de poupar o time, fretou um avião que levará o elenco para São José do Rio Preto no dia da partida. E, para amenizar as críticas e o clima no clube, decretou o fim da ?Lei da Mordaça?, voltando a permitir que os atletas falem com os jornalistas e tratem de todos os assuntos, inclusive renovação de contratos e propostas recebidas.Já o técnico Joel Santana foi enfático ao falar sobre o fato de que irá escalar a força máxima do Vasco contra o Santos. "Semana passada já tinham dado o título como definido e não foi bem assim. O filme ainda não acabou e pode ter outro capítulo", avisou o treinador.Com a reapresentação do elenco nesta terça-feira, no centro de treinamento do Vasco, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, Joel começou a definir o time para o jogo de domingo. E encontrou problemas.Petkovic e Anderson, já dispensados pelo presidente do clube, não treinaram nesta terça, assim como o lateral-direito Thiago Maciel, com dores musculares. Mas o médico do Vasco, Lídio Toledo, assegurou que eles têm condições físicas de enfrentar o Santos.Joel quer escalar Petkovic, que confirmou já estar tratando de seu futuro em 2005. "Tem muita gente interessada em mim e isso só me deixa feliz. Meu procurador vai conversar com todos e com o Vasco. O problema é que também existe muita especulação, boato", revelou o jogador. "O fato da minha família já estar adaptada ao Rio e eu ter negócios aqui pode influenciar. Agora, para me tirar daqui não adianta vir com uma proposta quatro vezes menor do que ganho."Já a liberação de Anderson pode ter sido motivada pelo desejo de Joel Santana de tirá-lo do time. O treinador tem feito vários elogios ao desempenho nos treinos de Marco Brito, que deverá ser o titular no domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.