Paulo Fernandes/ Divulgação
Paulo Fernandes/ Divulgação

Esperando Ronaldinho, Eurico critica Leo Moura: 'Encheu o saco'

Lateral teria ido à casa do vice-presidente acertar transferência

Estadão Conteúdo

23 de junho de 2015 | 15h14

Eurico Miranda segue confiante em ver o meia Ronaldinho Gaúcho no Vasco. Nesta terça-feira, o presidente vascaíno voltou a afirmar que o acerto entre o clube e jogador teria 90% de chance de ser bem sucedido. E que recebeu a palavra de Assis, irmão e empresário de Ronaldinho, sobre o bom andamento das negociações. Por outro lado, o dirigente criticou o lateral-direito Leo Moura, que teria voltado atrás em um acordo com o clube.

"Ainda ontem [segunda] mantive contato com o Assis. Disse que teria que inaugurar umas escolinhas e estaria de volta no dia 28 para darmos andamento ao projeto", afirmou Eurico, após a apresentação do novo técnico do Vasco, Celso Roth.

Além disso, o dirigente descartou a possibilidade de Assis estar fazendo uma espécie de leilão, como ocorreu em 2011, quando Flamengo, Grêmio e Palmeiras tiveram uma disputa acirrada por Ronaldinho, que acabou assinando com o clube rubro-negro. O fato desgastou a imagem do empresário com os outros times, que afirmaram ter recebido garantias de acerto. "Em nenhum momento, ele falou de leilão", garantiu Eurico.

O dirigente também não poupou críticas ao lateral Leo Moura que, segundo ele, teria ido à casa do vice-presidente do Vasco, José Luiz Moreira, para acertar com o clube e garantido não ter problemas em vestir a camisa do rival do Flamengo, time no qual atuou por 10 anos. Na segunda-feira, o jogador negou ter feito qualquer acordo com o Vasco, o que foi rechaçado por Eurico.

"O Vasco não procurou o Leo Moura. Ele tentou de toda maneira vir para o Vasco. Até o Romário ele utilizou para tentar vir. Ele ligou diversas vezes (para o José Luiz Moreira), encheu o saco. No domingo, ele foi à casa do José Luiz Moreira e combinou a vinda para o Vasco", afirmou Eurico. "Ele foi alertado sobre a ligação com o Flamengo pelo Paulo Angioni, mas disse: ''Sou profissional''. E agora vem com essa cascata?".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.