Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Eurico revela que Guiñazu renovou com o Vasco por dois anos

Presidente do clube carioca garante permanência do volante pelas duas próximas temporadas e afasta interesse do Cerro Porteño

Estadão Conteúdo

03 de janeiro de 2015 | 12h37

O volante Guiñazu permanecerá no Vasco em 2015. O presidente do clube de São Januário, Eurico Miranda, revelou que assegurou a continuidade do jogador argentino, mesmo com o interesse do paraguaio Cerro Porteño, ao renovar o seu contrato até o final de 2016.

"O Guiñazu renovou por duas temporadas no Vasco. Se eu não visse as qualidades nesse jogador, não renovaria. Não iria sair do Vasco com facilidade e não mandaria embora. Foi fácil a permanência dele. Ele quer encerrar a carreira no Vasco e por isso ficou fácil", afirmou Eurico em entrevista à Rádio Tupi

O atual contrato de Guiñazu, de 36 anos, com o Vasco se encerraria em julho de 2015. O veterano jogador chegou ao clube em 2013, quando sofreu com uma grave lesão, mas na última temporada foi peça importante da equipe. De contrato novo, o volante pode até encerrar a sua carreira no clube, pois no final de 2016 terá 38 anos. 

Após conseguir o acesso à elite do futebol brasileiro, o Vasco vem passando por muitas mudanças, que inclui a chegada do técnico Doriva. Além disso, o clube se reforçou com o lateral-esquerdo Christiano (ex-Bangu), o lateral-direito Bruno Ferreira (ex-Portuguesa), os meio-campistas Jean Patrick (ex-Luverdense), Lucas (ex-Macaé), Marcinho (ex-Vitória) e Julio dos Santos (ex-Cerro Porteño,) o atacante Erick Luís (ex-Bragantino) e o zagueiro Aislan (ex-Madureira). 

Após as férias, o elenco vascaíno se reapresentou na última sexta-feira em São Januário e vai viajar às 17 horas da próxima segunda-feira para a cidade de Pinheiral, aonde fará a sua pré-temporada até 18 de janeiro. No dia 21, a equipe vai enfrentar o Flamengo pelo Torneio Super Series, uma competição amistosa em Manaus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.