Eurico se reúne com grupo do Vasco e pede bom resultado contra o Flamengo

O Vasco detém a melhor campanha do Campeonato Carioca, é líder isolado da competição, mas ainda não está satisfeito. Vencer o Flamengo no Maracanã, domingo, é encarado como uma competição à parte em São Januário, e levou o presidente Eurico Miranda a se reunir com os jogadores antes do treino desta quinta-feira para destacar a necessidade de um bom resultado.

Estadão Conteúdo

19 Março 2015 | 19h45

Após a reunião, o técnico Doriva conduziu mais uma atividade secreta com o time titular, mantendo o nível de suspense para a partida. Logo depois, em entrevista, o capitão Guiñazu transmitiu o tom do encontro com o dirigente vascaíno. "Não acho que a reunião coloque mais pressão sobre o time. Quem não quiser ser pressionado em um clássico não pode jogar futebol", arrematou.

No primeiro embate entre os rivais neste ano, em janeiro, o Flamengo levou a melhor ao vencer por 1 a 0, em um amistoso de preparação disputado em Manaus. Mas, dessa vez, Guiñazu promete que a postura de sua equipe vai ser diferente.

"Neste domingo vai ser outra coisa, é diferente, é valendo mesmo. Quando é amistoso, os jogadores podem não estar 100%. Sempre respeitaremos o nosso adversário, mas é um jogo diferente e a gente tem que estar com o sangue fervendo para conquistar vitória no domingo."

E não é só nos jogadores e dirigentes que o clássico entre Vasco e Flamengo desperta grande expectativa. Afinal, até às 18 horas desta quinta-feira, já foram vendidos 17.220 ingressos para o duelo de domingo no Maracanã.

Mais conteúdo sobre:
futebol Vasco Eurico Miranda Guiñazu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.