Eurico tenta impedir quebra de sigilo

Os advogados do deputado federal e presidente do Vasco, Eurico Miranda (PPB-RJ), encaminharam nesta segunda-feira um mandado de segurança com pedido de liminar ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar invalidar a decisão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Futebol de quebrar os sigilos bancário e fiscal do parlamentar. A defesa do deputado alega que a decisão não foi devidamente fundamentada.

Agencia Estado,

08 de outubro de 2001 | 19h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.