Eurocopa: OMS e Suíça advertem sobre casos de sarampo

Competição européia é ameaçada com a epidemia de sarampo que ocorre na Suíça desde 2006

EFE

25 de abril de 2008 | 15h43

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e as autoridades suíças lançaram uma chamada para pedir a todos que viajarem para a Suíça nos próximos meses que tomem vacina contra sarampo.No dia 7 de junho começa na Suíça e na Áustria a Eurocopa de 008, para cujos jogos já foram vendidos mais de um milhão de ingressos. Desde novembro de 2006 a Suíça sofre com uma epidemia de sarampo, que, segundo os especialistas da OMS, poderia estar ligada a um vírus proveniente do Japão.Desde então Áustria, Alemanha, Dinamarca, França e Estados Unidos detectaram casos de sarampo provenientes, segundo a OMS, da Suíça. Diante da possibilidade de a doença se espalhar entre o público e depois alcançar todos os cantos do mundo, tanto a OMS como as autoridades suíças quiseram alertar a população e pedir aos visitantes que se vacinem antes de viajar.A presidente da Comissão Federal para as Vacinas da Suíça, Claire-Anne Siegrist, foi bastante clara ao dizer esta semana que as pessoas que chegarem sem estarem vacinadas certamente irão embora com a doença. De fato, há dois meses o Escritório federal da Saúde Pública avisou a Uefa da situação, para que esta informasse por sua vez as equipes que participarão do evento.O Centro Europeu para a Prevenção e o Controle de Doenças também alertou que há muitas possibilidades de que o sarampo se espalhe pela Europa por causa da Eurocopa. Um porta-voz da entidade explicou que há certas regiões de alguns países onde a vacinação não é total, o que faz com que o risco seja maior."Para minimizar o risco de transmissão e disseminação internacional, incluindo a Eurocopa, o Escritório Regional para a Europa da OMS apóia a recomendação lançada pelas autoridades públicas de saúde com relação às pessoas que visitarem o país para que comprovem seu status de vacinação contra o sarampo", diz um texto divulgado pela agência da ONU.Desde o dia primeiro de janeiro deste ano foram registrados 1.200 casos de pessoas que contraíram o sarampo na Suíça, ou seja, em pouco mais de 4 meses adoeceram mais pessoas que no conjunto de 2007.

Tudo o que sabemos sobre:
Euro 2008Eurocopa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.