Eurocopa: Portugal pede ajuda da OTAN

O governo português pediu ajuda da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) para aumentar a segurança durante a disputa da Eurocopa, de 12 de júlio a 4 de julho, segundo anunciou hoje o primeiro ministro luso, José Manuel Durao Barroso. Portugal, segue assim os passos da Grécia, que também solicitou apoio da OTAN para a Olimpíada, que promoverá no mês de agosto, logo depois dos atentados de 11 de março em Madrid.

Agencia Estado,

25 de março de 2004 | 12h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.