Europa: França e Espanha jogam e torcem

Para França e Espanha, esta quarta-feira é dia de jogar e torcer. Para conseguir a vaga na Copa do Mundo, precisam vencer e esperar que um outro resultado as ajude. Ambas correm o risco de precisar disputar a repescagem. E há até a remota possibilidade de encerrarem o dia sem sequer essa possibilidade. O grupo da França está mais embolado, mas suas chances de terminar em primeiro são boas. Para isso, precisa ganhar em casa do inexpressivo Chipre e esperar que a Suíça não ganhe, fora de casa, da Irlanda. E o craque Zidane acha essa combinação de resultados bem provável. ?Os suíços se desgastaram muito na partida de sábado contra nós (empate por 1 a 1) e terão um jogo complicado em Dublin?. A França poderá ser a primeira colocada mesmo que a Suíça ganhe, mas para isso precisará descontar a desvantagem de três gols (11 a 8) que tem no saldo.?Quanto mais cedo fizermos o primeiro gol, melhor. Sabemos que temos de marcar muitos gols para compensar uma eventual vitória da Suíça?. O problema é que fazer gol não é a especialidade da França. Nas Eliminatórias, o time fez míseros 10 gols em nove partidas ? e já jogou duas vezes contra Ilhas Faroe e uma contra Chipre. Para piorar, os dois principais atacantes do país estão machucados e não jogarão: Thierry Henry e Trezeguet. A Espanha também tem um adversário feito sob medida para enfiar uma goleada ? jogará contra San Marino, fora de casa ?, mas sua chance de ficar em primeiro na chave é menor que a da França. Sérvia e Montenegro, que lidera o grupo, receberá a Bósnia e se classificará com uma vitória. Se empatar, só será ultrapassada se os espanhóis ganharem por cinco gols de diferença. Em caso de derrota, perderá o primeiro lugar para a Espanha e o segundo para a Bósnia, que iria para a repescagem. ?Acho que o mais provável é terminarmos em segundo no grupo?, admitiu o técnico espanhol Luís Aragonés. Para conseguir uma goleada, ele resolveu escalar a equipe com quatro atacantes: Raúl, Fernando Torres (autor dos dois gols da vitória de sábado sobre a Bélgica), Reyes e Villa. A rodada desta quarta definirá mais três equipes classificadas, que se juntarão às sete que já se garantiram: Ucrânia, Inglaterra, Polônia, Holanda, Itália, Croácia e Portugal. Romênia, República Checa, Turquia, Dinamarca, Grécia, Rússia, Eslováquia, Israel, Suíça, França, Irlanda, Sérvia, Espanha, Bósnia e Suécia estão na briga. A Noruega já está garantida na repescagem como segunda colocada do grupo vencido pela Itália. O sorteio dos confrontos da repescagem será realizado na sexta, em Zurique, na sede da Fifa. As três seleções que estejam em melhor posição no último ranking da Fifa não poderão se enfrentar ? terão obrigatoriamente que enfrentar uma das três equipes de pior ranking. As partidas, de ida e volta, serão disputadas nos dias 12 e 16 de novembro. O sorteio dos grupos para a Copa do Mundo será no dia 9 de dezembro, em Leipzig (Alemanha).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.