Europa retoma Copa dos Campeões

Depois do adiamento da rodada de quarta-feira passada, em função dos atentados terroristas contra os Estados Unidos, a Copa dos Campeões volta a ser disputada nesta terça-feira com oito jogos. O Barcelona vai à Turquia enfrentar o Fenerbahce, às 15h45 (com ESPN Internacional). Este é o jogo mais temido pelo time espanhol nesta fase da competição. Além do adversário, o Barça teme que a Turquia sofra algum ataque americano, já que está é uma região que circunda áreas que podem ser atacadas pelos Estados Unidos."Temo também que a Turquia bloqueie o seu espaço aéreo e não deixe o Barcelona voltar para casa. Seríamos obrigados a voltar via terrestre, o que não é bom", declarou Angel Fernández, vice-presidente do Barcelona.É nesse clima que o técnico Carles Rexach está preparando o seu time. Ainda sem poder contar com Rivaldo, contundido, Rexach tenta absorver as críticas que vem recebendo por não ter escalado o argentino Saviola desde o início do jogo contra o Osasuna, sábado."Saviola é um jogador qualificado, mas é jovem e tem de se adapatar ao futebol europeu", justificou.Kluivert e Geovanni deverão formar o ataque. No meio, Fábio Rochemback está confirmado.Na última vez em que o clube espanhol esteve em Istambul, foi goleado pelo Besiktas por 3 a 0, na segunda rodada da Copa dos Campeões do ano passado. No Fenerbahce, o destaque é o atacante israelense Revivo, ex-Celta. A equipe venceu os últimos 24 jogos em casa.O La Coruña estréia na competição recebendo o Olympiakos, da Grécia, no Estádio Riazor, às 15h45. O time vem de derrota em casa, para o Athtletic de Bilbao, pelo Campeonato Espanhol. A única baixa do técnico Javier Irureta é Djalminha, que ainda se recupera de uma lesão muscular."Será uma partida difícil. As equipes gregas são muito agressivas e bem armadas. Temos o exemplo do Olympiakos, que venceu o Schalke 04 (2 a 0, semana passada) fora de casa", comentou o treinador, destacando o estilo sul-americano de jogar do Olympiakos, que conta com os brasileiros Zé Elias, ex-Corinthians, e Giovanni, ex-Santos."Uma vitória nos dará muito ânimo para o futuro. Temos a oportunidade de estrear em casa e somar três pontos que são fundamentais em uma competição tão equilibrada", afirmou o volante brasileiro Mauro Silva.No Olympiakos, o técnico Takis Lemonis não poderá contar com Zizi Roberts, Antzas e Giorgiopoulos. Giovanni e Zé Elias estão confirmados. Cerca de 500 torcedores do Olympiakos estarão presentes no Estádio Riazor.Em Turim, a Juventus jogará contra o Celtic, às 15h45. A grande novidade será o retorno do holandês Davids, após quatro meses de suspensão por uso de nandrolona. O jogador disse ontem que pensa em processar o Comitê Olímpico Italiano e a Federação Italiana de Futebol. "Meu caso não foi julgado objetivamente. Todos pensam que eu me dopei", explica Davids. Em relação ao time, o técnico Marcello Lippi deverá escalar a dupla Trezeguet e Salas.Pela Copa da Uefa, o Paris Saint-Germain, de Ronaldinho Gaúcho, receberá o Rapid Bucareste, da Romênia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.