Eusébio deixa hospital e vai direto para restaurante favorito

Após crise de hipertensão, craque português se recupera bem

Daniel Alvarenga, REUTERS

22 de fevereiro de 2012 | 14h01

Eusébio, o maior jogador de futebol de Portugal em todos os tempos, foi direto para seu restaurante favorito após receber alta do hospital nesta quarta-feira depois de uma crise de hipertensão, disse um porta-voz do Hospital da Luz.

"Eusébio deixou o hospital por volta da hora do almoço. A sua pressão estava de volta ao normal e ele deixou o hospital discretamente, em direção ao seu restaurante favorito, o 'Adega da Tia Matilde'", afirmou o porta-voz João Paulo Gama.

Essa foi a terceira vez desde dezembro que o ex-jogador, de 70 anos, foi hospitalizado.

Apelidado de "Pantera Negra" por sua velocidade e o medo que provocava em seus oponentes, o moçambicano Eusébio ajudou o Benfica a chegar a quatro finais da Copa Europeia, a última em 1968, quando eles perderam para o Manchester United na prorrogação. O Benfica venceu o campeonato em 1961 e 1962.

Eusébio foi ainda um dos grandes nomes da Copa do Mundo de 1966, quando Portugal terminou em terceiro lugar.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTEUSEBIOHOSPITAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.