Estela Silva/EFE - 23/06/2010
Estela Silva/EFE - 23/06/2010

Eusébio é internado em Portugal pela 3ª vez em 2 meses

Ex-jogador da seleção tem crise de hipertensão, mas médicos prevêem alta em dois dias

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2012 | 17h47

LISBOA - O português Eusébio, de 70 anos, considerado o maior jogador da história de seu país, foi internado nesta segunda-feira, em um hospital de Lisboa, pela terceira vez nos últimos dois meses. Neste último episódio, o jogador acabou sendo hospitalizado por causa de uma crise de hipertensão.

Segundo comunicado do hospital lisboeta que atendeu o ex-jogador, Eusébio foi medicado e exames complementares "não revelaram alterações significativas". Com isso, informou que ele seguirá internado apenas para acompanhamento do seu estado de saúde e prevê que o ídolo português receba alta "dentro de um a dois dias".

Grande nome de Portugal na Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra, onde o seu país eliminou o Brasil com boa atuação de Eusébio, o ex-jogador ficou internado anteriormente entre os dias 19 e 31 de dezembro do ano passado por causa de uma pneumonia. Em seguida, ele voltou a ser hospitalizado entre 4 e 10 de janeiro, nesta última ocasião por causa de fortes dores cervicais.

Desta vez Eusébio foi internado após se sentir mal em casa e chamar uma ambulância, que o levou até o Hospital da Luz. Hoje dando sinais de saúde frágil, o ex-jogador marcou mais de 300 gols como profissional e ajudou Portugal a terminar o Mundial de 1966 com a terceira colocação. Já com a camisa do Benfica, clube no qual atua como embaixador, ele foi duas vezes campeão europeu e vice-campeão mundial, em 1962, quando o Santos de Pelé se sagrou vencedor.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEusébioPortugal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.