Evair perde pênalti e Coritiba empata

O Coritiba voltou a decepcionar sua torcida, empatando por 1 a 1 com o Criciúma, na tarde deste sábado, no estádio Couto Pereira, em Curitiba. É a quarta partida sem vitória do time paranaense, que teve a chance de vencer, mas Evair desperdiçou um pênalti aos 40 minutos do segundo tempo. O jogo foi bastante truncado e nervoso, mas o Criciúma foi melhor, apesar da expulsão de dois dos seus jogadores - o Coritiba também teve um expulso. Mesmo fora de casa, o Criciúma foi ao ataque desde o início do jogo, pressionando o Coritiba e levando os zagueiros adversários a cometerem falhas. Em uma delas, aos 14 minutos, a defesa paranaense deixou Alonso livre no meio da grande área. Ele chutou forte e fez 1 a 0. Mas, seis minutos depois, o atacante Da Silva fez uma bela jogada e empatou a partida. A partir daí, o jogo começou a ficar nervoso. Com as faltas e os cartões amarelos sucessivos, Anderson Lobão (Criciúma) e Roberto Brum (Coritiba) acabaram expulsos ainda no primeiro tempo. O Criciúma mudou sua postura no segundo tempo, fechando-se na defesa e explorando os contra-ataques. Mesmo assim, levou perigo ao gol de Wellerson, que teve boa atuação. Já o Coritiba, com muitos passes errados, não conseguia criar e irritava sua torcida. Com a expulsão de Edinho, do Criciúma, e a entrada de Alexandre quando faltavam 10 minutos para terminar o jogo, o Coritiba passou a pressionar um pouco mais e conseguiu um pênalti aos 40 minutos. No entanto, Evair cobrou mal, permitindo a defesa do goleiro Roberto.

Agencia Estado,

02 Março 2002 | 18h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.