Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Evander brinca com busca do Vasco por reforços e espera por chances

'Toda hora que falam que vão trazer jogador, é sempre na minha posição, né?, afirmou o jogador de 19 anos

Estadão Conteúdo

02 Março 2018 | 19h06

Aos 19 anos, o meia Evander assumiu a responsabilidade de vestir a camisa 10 e cuidar da armação do time do Vasco. Ciente da pouca experiência, o jogador admite preocupação com as notícias recentes de que o clube busca reforços para o setor em que joga. Nesta sexta-feira, ele até brincou com os rumores.

+ Zé Ricardo critica ansiedade do Vasco, mas celebra fim do jejum de atacantes

"O foco é o pessoal do meio de campo. Toda hora que falam que vão trazer jogador, é sempre na minha posição, né?", afirmou o jovem meia, em tom de brincadeira. "Sendo que tem mais dez jogadores titulares. Então acho que tem que ver isso, mas quem vier vai ser bem-vindo. Espero que possam somar com a gente", desconversou.

Evander assumiu a posição no meio-campo em razão das saídas de Nenê e Mateus Vital. Na condição central de armador, ele reconhece que a falta de maior experiência tem gerado ansiedade na equipe. Na noite desta quinta, isso ficou claro na apertada vitória sobre o Macaé por 2 a 1, com gol aos 50 minutos do segundo tempo.

"Acho que a ansiedade atrapalhou um pouco. Depois, as coisas aconteceram. Tudo tem que ser com naturalidade. Depois nos acertamos. Vínhamos de duas derrotas", ressaltou Evander. "Saímos atrás, não desistimos e acabamos sendo premiados com um gol no finalzinho. Agora vamos ter mais um jogo e iremos em busca da vitória."

O jogo será contra o Boavista no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES), pela Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.