Evando tem dia de herói na Vila Belmiro

Sem Robinho, que havia sido substituído por Fábio Baiano, aos 18 minutos do segundo tempo, sobrou espaço para Evando, sair de campo como herói da vitória por 3 a 2 contra o São Caetano, neste domingo à tarde, na Vila Belmiro. Foi dele o gol da vitória, aos 44 minutos do segundo tempo, quando o empate por 2 a 2 parecia ser o resultado definitivo. "Matei a bola no peito e tive tranqüilidade para bater por baixo do goleiro", disse o atacante, que passa a ser o reserva imediato do centroavante Deivid, deixando para trás William e Douglas. "Fico feliz por ter participado dessa importante vitória. Agora vou dar prosseguimento ao meu trabalho e procurar o meu espaço. Estou apenas começando e tenho muito a aprender. O Santos tem um grupo fantástico e isso facilita muito", concluiu.Deivid foi o único jogador que saiu de campo reclamando da decisão do juiz Wilson Luiz Seneme de voltar atrás na marcação do pênalti - Gustavo agarrou o centroavante dentro da área -, aos 32 minutos do segundo tempo, para dar impedimento apontado pelo auxiliar Marcelo Carvalho. "Eu não estava impedido, mas o importante é que superamos tudo e ganhamos o jogo." Além de ter feito o segundo gol do time, Deivid assumiu a responsabilidade de fazer as jogadas individuais no ataque, após a saída de Robinho.Os jogadores voltam aos treinos nesta segunda-feira, às 16 horas, no Centro de Treinamentos Rei Pelé, iniciando a preparação visando o segundo jogo do time pelo Grupo 2 da Copa Libertadores da América, quinta-feira, às 19h15, contra o Danúbio, do Uruguai, na Vila Belmiro. Na estréia, o Santos foi derrotado por 4 a 3 pelo Bolívar, em La Paz, Bolívia. A novidade deverá ser a volta do meia Fábio Baiano - neste domingo, substituiu Robinho, no segundo tempo -, no lugar de Tcheco. Pelo Campeonato Paulista, o próximo adversário será o Palmeiras, domingo, às 16 horas, no Palestra Itália.Deivid, que por pouco não deixou a Vila Belmiro para se transferir para o Atlético de Madrid, no começo de janeiro, está sendo comprado pelo Santos. Logo depois da venda de Elano para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, com a entrada de US$ 7 milhões nos cofres do clube, o presidente Marcelo Teixeira procurou o Bordeaux, da França, e passou a negociar comprar os direitos federativos do atacante, que custariam cerca de US$ 4 milhões. Deivid tem contrato com o Bordeaux até o final do próximo ano e o seu empréstimo ao Santos termina no meio do ano o clube francês já avisou que depois disso, só aceita negociar o centroavante. "Vamos fazer o possível e o impossível para manter os nossos principais jogadores, inclusive Robinho, e ainda estaremos atentos para reforçar a equipe caso surja alguma boa chance", disse Teixeira, que considera difícil contratar o meia Marcinho, do São Caetano, pedido pelo técnico Oswaldo de Oliveira.Já foi contratado o novo gerente de futebol, para ser o substituto de Ilton José da Costa, que trocou a Vila Belmiro pelo Parque Antártica. É Luís Henrique de Menezes, que já passou pela Vila Belmiro e deixou o clube em 2001 para se transferir para o Corinthians, por indicação de Vanderlei Luxemburgo. No ano passado, Luís Henrique trabalhou no Atlético-MG.

Agencia Estado,

27 de fevereiro de 2005 | 19h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.