Everton bane torcedor e Uefa denuncia clube inglês por confusão na Liga Europa

Na quinta-feira, torcedores da equipe inglesa se envolveram em confusão com atletas do lyon

Estadao Conteudo

20 Outubro 2017 | 14h34

O Everton anunciou nesta sexta-feira que baniu torcedores que esteve envolvido na confusão entre jogadores do clube inglês e do Lyon, no jogo desta quinta, válido pela Liga Europa, no estádio Goodison Park. Também nesta sexta, o clube de Liverpool foi denunciado pela Uefa em razão da mesma confusão.

O torcedor, cuja identidade não foi divulgada, teria acertado o goleiro do Lyon, Anthony Lopes, com um soco no meio da confusão que aconteceu próximo da arquibancada, no segundo tempo da partida.

A confusão teve início quando Ashley Williams, do Everton, fez falta desnecessária sobre Anthony Lopes quando o goleiro se preparava para fazer fácil defesa no alto. Jogadores dos dois times trocaram empurrões na linha de fundo e se aproximaram da arquibancada, quando até torcedores ameaçaram se envolver na confusão.

Os seguranças no estádio intervieram e evitaram o envolvimento dos torcedores. Williams, capitão da equipe da casa, e Traoré, do Lyon, protagonizaram as agressões mais evidentes no meio do bolo de jogadores. E acabaram levando somente cartão amarelo.

Depois do anúncio do Everton, a Uefa divulgou comunicado em que confirma que o clube inglês será investigado por conta de agressões de torcedores a jogadores naquela partida. O Everton já afirmou que identificou o torcedor e solicitou à polícia local que investigasse o caso.

Mais conteúdo sobre:
Campeonato Inglês de Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.