Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Everton Cebolinha tem importantes camisas da carreira furtadas no Ceará

Jogador apela para que peças sejam devolvidas: 'Valor sentimental inexplicável'

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2021 | 18h52

O atacante Everton Cebolinha teve importantes camisas de sua carreira furtadas no último sábado, em um condomínio no município de Eusébio, próximo a Fortaleza, no Ceará. A informação foi divulgada pelo próprio jogador em suas redes sociais. 

Segundo o atleta, as peças estavam penduradas em quadros, que foram quebrados no furto. Trata-se das camisas da final da Copa do Brasil de 2016, quando foi campeão pelo Grêmio, da apresentação do jogador no Benfica e a da final da Copa América de 2019 pela seleção brasileira, jogo no qual marcou um dos gols da decisão. 

"Três camisas que têm um valor sentimental inexplicável", escreveu o jogador. "Peço encarecidamente que sejam devolvidas, pois representam momentos únicos da minha vida", completou. 

Revelado pelo Fortaleza, Everton ganhou destaque no futebol nacional com a camisa do Grêmio, onde conquistou títulos importantes, como a Libertadores e a Recopa Sul-Americana. Foi convocado por Tite para a seleção brasileira em 2018, após a Copa da Rússia, e desde então faz parte do elenco do Brasil. No ano passado, chegou ao Benfica. 

A seleção brasileira volta a campo pela Copa América na sexta-feira, no Engenhão, pelas quartas de final da Copa América. O adversário será o quarto colocado do Grupo A, podendo ser Chile ou Uruguai. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.