Dave Thompson/AP
Dave Thompson/AP

Everton demite o técnico espanhol Rafa Benítez após derrota para o Norwich

À frente do time foram sete vitórias, cinco empates e dez derrotas, deixando a equipe na 15.ª colocação da tabela de classificação

Redação, Estadão Conteúdo

16 de janeiro de 2022 | 16h50

Após a derrota para o até então lanterna Norwich, no sábado, em jogo válido pela 22.ª rodada do Campeonato Inglês, a diretoria do Everton anunciou neste domingo, através de uma curta nota divulgada nas redes sociais do clube, a demissão do treinador espanhol Rafa Benítez.

A situação do treinador à frente do time inglês, que já estava abalada, se tornou insustentável após a derrota para o Norwich. O adversário era o lanterna do campeonato antes da partida e subiu uma posição após superar o time de Liverpool.

Rafa Benítez já vinha sendo questionado pela torcida desde a sua contratação. Como treinador do Liverpool, maior rival do Everton, conquistou o título da Liga dos Campeões da Europa de 2005, fato que não caiu bem entre os torcedores.

À frente do Everton, Rafa Benítez esteve na beira do gramado em 22 partidas. Foram sete vitórias, cinco empates e dez derrotas, deixando o time na 15.ª colocação da tabela de classificação, seis pontos acima do primeiro time na zona de rebaixamento.

Sem Rafa Benítez e em busca de um novo treinador, o Everton se prepara para enfrentar o Aston Villa, em jogo marcado para o próximo sábado, no estádio Goodison Park, em Liverpool, pela 23.ª rodada do Campeonato Inglês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.