Rubens Chiri / São Paulo
Rubens Chiri / São Paulo

Everton e Helinho avançam em recuperação e treinam no São Paulo

Meia-atacante fez exercícios físicos no campo, enquanto garoto recém-promovido da base trabalha com bola

O Estado de S. Paulo

30 Outubro 2018 | 16h13

O São Paulo voltou aos treinos nesta terça-feira e contou com duas boas notícias no CT da Barra Funda: os meia-atacantes Everton, em tratamento de um estiramento muscular na coxa esquerda, e Helinho, recuperado de um entorse no tornozelo esquerdo, avançaram no processo de transição e trabalharam em campo.

O primeiro, que era titular do técnico Diego Aguirre mas quase não jogou no returno do Campeonato Brasileiro devido a lesões musculares, foi liberado pelo departamento médico para atividades físicas no gramado. O jogador fez exercícios aeróbios para aprimorar o condicionamento físico. O último duelo do camisa 22 foi o clássico contra o Palmeiras, no dia 6, no Morumbi.

Por sua vez, Helinho, que torceu o tornozelo na última semana, foi liberado para treinar normalmente com os companheiros e participou das atividades com bola. Recém-promovido ao elenco profissional, o meia-atacante formado na base tricolor é uma das alternativas para substituir o equatoriano Rojas, que rompeu o ligamento do joelho direito na última partida, contra o Vitória.

Em tese, apenas o garoto de 18 anos terá condições de ficar à disposição de Aguirre já para o compromisso de domingo, diante do Flamengo, às 17h, no Morumbi. Quarto colocado na tabela, com 56 pontos, o São Paulo tenta recuperar terreno no segundo turno. A distância para o líder Palmeiras é de sete pontos, mas o objetivo principal é assegurar a classificação dentro do G-4 para confirmar vaga na fase de grupos da Libertadores de 2019.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.