Facundo Arrizabalaga/EFE
Facundo Arrizabalaga/EFE

Everton e Tottenham vencem e se aproximam dos líderes do Campeonato Inglês

Com placares de 2 a 0, equipes chegam a 41 e 40 pontos, respectivamente

Agência Estado

11 de janeiro de 2014 | 15h05

LONDRES - Everton e Tottenham deram um passo importante para se manterem na caça aos líderes do Campeonato Inglês neste sábado, dia de abertura da 21.ª rodada. Atuando em casa, em Liverpool, o Everton derrotou o Norwich por 2 a 0. Pelo mesmo placar, o Tottenham bateu o Crystal Palace, também em seus domínios, no White Heart Lane.

O resultado colocou o Everton na quarta colocação, com 41 pontos, cinco a menos que o líder Chelsea. Um ponto atrás do time de Liverpool, na quinta posição, está justamente o Tottenham, que parece ter ganhado novo fôlego após a demissão de André Villas-Boas. O Norwich é apenas o 15.º, com 20 pontos, enquanto o Crystal Palace está na lanterna, com 17.

Com o apoio de sua torcida, o Everton fez o suficiente para vencer neste sábado. Depois de pressionar no início, a equipe abriu o placar aos 23 minutos, em lindo chute de Gareth Barry. No segundo tempo, os anfitriões administravam o resultado até chegarem ao segundo gol com Mirallas, aos 14, em bela cobrança de falta.

Já o Tottenham teve mais dificuldade e viu o Crystal Palace ser melhor e perder um pênalti no primeiro tempo, com Jason Puncheon, que isolou a cobrança. Os londrinos, no entanto, voltaram melhor para a etapa final e abriram o placar aos cinco minutos, quando Adebayor desviou de cabeça e Eriksen encheu o pé para marcar. Aos 28, Jermain Defoe recebeu na área, cortou o zagueiro e selou o resultado.

Nos outros jogos da rodada, destaque para o Sunderland, que goleou o Fulham por 4 a 1, fora de casa, e deixou a última posição. Também fora de casa, o West Ham passou pelo Cardiff por 2 a 0. Já o Southampton recebeu o West Bromwich e venceu por 1 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.