Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Éverton e Vlachodimos testam positivo e Benfica chega a 10 jogadores com covid-19

Na terça-feira, o clube havia informado que tinha 17 casos confirmados na estrutura da equipe principal, incluindo o presidente

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de janeiro de 2021 | 10h41

O surto de covid-19 segue castigando o Benfica, que registrou mais dois casos neste domingo. O atacante brasileiro Éverton Cebolinha e o goleiro Odysseas Vlachodimos testaram positivo e já estão em isolamento. Agora, são 10 jogadores infectados no plantel do técnico Jorge Jesus.

"O Benfica informa que foram detectados dois casos positivos nos mais recentes testes de diagnóstico COVID-19 realizados aos jogadores do Futebol Profissional. O goleiro Odysseas e o atacante Everton testaram positivo ao novo coronavírus", anunciou o clube na manhã deste domingo.

Na terça-feira, o Benfica havia informado que tinha 17 casos de covid-19 confirmados na estrutura da equipe principal, incluindo o presidente Luís Filipe Vieira e cinco jogadores: Waldschmidt, Vertonghen, Grimaldo, Gilberto e Diogo Gonçalves. Depois, também testaram positivo Otamendi, Nuno Tavares e Helton Leite.

Éverton Cebolinha, ex-Grêmio, já havia ficado em observação após sua mulher ser diagnosticada com o coronavírus. Terá de ficar recluso mais uma vez, agora por ter se infectado.

Mesmo sofrendo com o surto da doença, o Benfica vai ter de entrar em campo pelo Campeonato Português. Nesta segunda-feira, enfrenta o Nacional pela 15ª rodada. Com os dois principais goleiros em quarentena, Mile Svilar, que pegou a covid-19 em setembro, defenderá a equipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.