Andrès Cristaldo/EFE
Andrès Cristaldo/EFE

Everton faz alerta para Grêmio vencer o Brasileirão: 'Não tropeçar em casa'

Tricolor estreia no torneio no domingo, às 11 horas, contra o Santos, em Porto Alegre

Redação, Estadão Conteúdo

25 de abril de 2019 | 22h38

Melhor jogador do Grêmio e um dos principais atletas em atividade no futebol nacional, o atacante Everton deu a receita para o Grêmio voltar a conquistar o Campeonato Brasileiro: desperdiçar menos pontos nos jogos dentro de casa e pontuar o máximo possível como visitante. A estreia do time na competição será contra o Santos, no domingo, às 11 horas, em casa.

No Brasileirão de 2018, os tropeços como mandante foram determinantes para que o time gaúcho ficasse de fora da briga pelo título. Foram cinco empates e duas derrotas no ano passado, desempenho que, segundo Everton, não pode se repetir nesta temporada.

"Nos anos anteriores, a gente deixou escapar muitos pontos dentro de casa. Espero que, neste ano, possamos somar o maior número possível", declarou o atacante em entrevista coletiva nesta quinta. "Jogar fora em uma campeonato disputado como é o Brasileirão é difícil. Não podemos perder. Quanto mais for somado fora, nos ajuda bastante lá na frente", emendou.

O longo jejum de títulos do Grêmio na principal competição nacional - a última conquista foi em 1996 - e o fato de a equipe gaúcha ter chegado perto de conquistar o torneio em algumas ocasiões nos últimos anos incomoda o elenco. O clube, porém, venceu títulos importantes recentemente, como a Copa do Brasil em 2016 e a Copa Libertadores no ano seguinte.

"Tem muitos jogadores do nosso elenco que são multicampeões e ainda não conquistaram o Brasileirão. Neste ciclo recente, foi o único de grande expressão que não conquistamos. Batemos na trave, mesmo fazendo boas temporadas. Este ano esperamos entrar com tudo", afirmou.

A possibilidade de título passa muito pelos pés de Everton. O talentoso atacante, convocado com frequência para a seleção brasileira, vive grande fase. É um dos artilheiros do Grêmio na Libertadores, com nove gols, dois deles anotados na vitória que manteve o tive vivo no torneio diante do Libertad, e já soma 34 na Arena do Grêmio, cinco a menos que Luan, o principal goleador do estádio.

TREINO

Após a vitória por 2 a 0 sobre o Libertad, do Paraguai, que fortaleceu o Grêmio na busca da classificação ao mata-mata da Copa Libertadores, o time gaúcho treinou nesta quinta-feira de olho no primeiro jogo contra o Santos.

Os atletas fizeram fortalecimento muscular na academia e, posteriormente, com exceção de Geromel e Maicon, foram a campo. Renato Gaúcho dividiu os jogadores em quatro times e comandou mini-jogos, em que uma equipe tinha o objetivo de marcar gols e a outra, de evitá-los. O zagueiro Paulo Miranda segue processo de recuperação e correu ao redor do gramado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.