Silvio Vila/EFE
Silvio Vila/EFE

Everton lamenta gol sofrido em casa pelo Grêmio, mas vê decisão aberta

Atacante mostrou confiança de que o time pode reverter o resultado na partida de volta, no Maracanã

Redação, Estadão Conteúdo

03 de outubro de 2019 | 00h04

O empate contra o Flamengo por 1 a 1 mantém o Grêmio com boas chances de se classificar para a final da Copa Libertadores. A avaliação é do atacante Everton Cebolinha, um dos destaques da equipe gaúcha na partida desta quarta-feira, em Porto Alegre.

O atacante lamentou o gol sofrido dentro de casa, mas mostrou confiança de que o time pode reverter o resultado na partida de volta, no Maracanã. Como o gol marcado como visitante serve como critério de desempate, o time gaúcho precisa ir às redes na casa do adversário, em 23 de outubro, já que o empate por 0 a 0 dá a vaga ao Flamengo.

"A gente sabe que sofrer um gol dentro de casa dificulta um pouco, mas acredito que está em aberto. Vamos trabalhar para buscar o resultado no segundo jogo e ainda temos boas chances de avançar", disse o atacante.

Everton também admitiu que o Flamengo foi superior, principalmente na primeira etapa, mas que o Grêmio soube se recuperar no segundo tempo para buscar o empate."No primeiro tempo realmente eles dominaram a partida. A gente se comportou até bem, mas colocamos a cabeça no lugar e melhoramos no segundo tempo. A decisão está aberta e vamos buscar o resultado no segundo jogo", concluiu.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.