Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Everton marca contra seu ex-clube e faz São Paulo colar no líder Flamengo

Equipe paulista vence por 1 a 0 no Maracanã e fica a um ponto dos cariocas na tabela do Brasileirão

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

18 de julho de 2018 | 23h43

Na volta do Brasileirão após a parada de um mês para a realização da Copa do Mundo, Flamengo e São Paulo fizeram um duelo equilibrado no Maracanã. O jogo foi decidido por Everton, hoje atleta tricolor, mas que até pouco tempo estava do outro lado. 

+ TABELA - Como fica a classificação do Brasileirão

+ Cássio brilha, Rodriguinho faz golaço e Corinthians derrota o Botafogo

Sob fortes vaias da torcida carioca que lotou o estádio, o atacante aproveitou cruzamento do estreante Rojas e marcou, no 2º tempo, o único gol da partida. É o quarto gol de Everton com a camisa do São Paulo em 12 jogos. Além de balançar as redes, o jogador já deu três assistências no Nacional. Com a vitória sobre o Flamengo, o São Paulo chega a 26 pontos e fica a apenas um dos líderes cariocas.

O jogo foi equilibrado e as duas equipes desperdiçaram chances. O primeiro tempo trouxe dois times tentando propor o jogo. Nos primeiros minutos, a pressão foi dos mandantes, que apostaram principalmente nas bolas aéreas. O São Paulo respondeu com jogadas de velocidade, principalmente pela direita do campo, onde atuou o estreante Rojas. Dominou as jogadas de ataque por pelo menos 20 minutos.

Mas a melhor chance do primeiro tempo sem gols foi do Flamengo, com Paquetá. Após cobrança de falta de Diego, o jogador desviou a bola de cabeça e encobriu o goleiro Sidão, que estava adiantado. A bola bateu no travessão e fez os cariocas crescerem e voltarem a dominar a partida.

O São Paulo manteve a postura ofensiva na volta do intervalo e precisou só de dois minutos para aproveitar um contra-ataque e abrir o placar. Rojas, pela direita, avançou em velocidade e cruzou na medida para Everton marcar diante de seu ex-clube. O atacante não comemorou. 

À frente no placar, o São Paulo se fechou. O técnico Diego Aguirre colocou Araruna, deixando o time com três volantes e apostando nos contra-ataques. O Flamengo pressionou, mas achou poucos espaços. Uribe perdeu duas grandes oportunidades para empatar a partida, mas chutou para fora na primeira e parou em Sidão na segunda, de cabeça.

Os dois times terão clássicos na 14º rodada do Campeonato Brasileiro. O São Paulo recebe o Corinthians no Morumbi, enquanto o Flamengo recebe o Botafogo no Maracanã, ambos no sábado. 

FLAMENGO 0 x 1 SÃO PAULO

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Rômulo (Trauco), Lucas Paquetá e Diego; Éverton Ribeiro (Matheus Sávio), Paolo Guerrero e Marlos (Uribe). Técnico: Maurício Barbieri.

São Paulo: Sidão; Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei (Liziero), Hudson e Nenê; Rojas (Araruna), Diego Souza e Everton (Tréllez). Técnico: Diego Aguirre.

Gol: Everton, aos 2 minutos do 2º tempo.

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR).

Cartões amarelos: Rômulo, Éverton Ribeiro, Diego, Sidão, Reinaldo, Araruna e Everton.

Cartão vermelho: Araruna.

Público: 51.777 pagantes.

Renda: R$ 1.588.687,00.

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.