Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Everton Ribeiro admite incômodo com reserva, mas celebra evolução do Flamengo

'Todo jogador que estar jogando, desde o menino até ao mais velho', afirmou o meia

Estadão Conteúdo

04 Maio 2018 | 18h30

Depois de mais uma vez perder espaço no Flamengo com Maurício Barbieri, o meia Everton Ribeiro voltou a ter chance como titular diante da Ponte Preta, quarta-feira, pela Copa do Brasil, quando o técnico-interino levou a campo uma equipe mista. A situação tem incomodado o jogador, que, no entanto, tentou tratá-la com naturalidade.

+ Guerrero se diz otimista após audiência na CAS e 'pronto' para jogar no domingo

+ Flamengo entrega DVD ao MP para tentar identificar torcedores agressores

"Todo jogador que estar jogando, desde o menino até ao mais velho. Isso vale para mim também. Sabemos o que temos que fazer, e o Maurício está tentando achar o melhor time. Fizemos boas partidas e agora vamos continuar fazendo tudo para seguir melhorando", declarou em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Contratação mais cara da história do Flamengo, Everton Ribeiro vem enfrentando dificuldades para se firmar. Desde o ano passado, alterna bons e maus momentos e, por isso, tem sido preterido pelos treinadores. Apesar do momento de baixa, ele avaliou que o bom trabalho de Barbieri à frente do time rubro-negro pode ajudá-lo a recuperar o prestígio.

"Acho que agora já estamos com um tempo de trabalho, conseguindo mostrar tranquilidade. Ele (Barbieri) está tentando passar ao máximo para a gente em campo e quando os resultados vêm, tudo fica mais fácil. O esquema está dando certo e assim fica mais fácil para poder trabalhar", considerou.

Único time com sete pontos no Brasileirão, o Flamengo ocupa a liderança e vem de duas vitórias seguidas na competição. Para manter o embalo, a ordem é vencer o Internacional no domingo, no Maracanã.

"A expectativa é de um jogo difícil, com uma equipe que vem tentando se firmar e com grandes jogadores. Não vai ser fácil, mas com a torcida lotando o Maracanã e colocando o nosso ritmo em campo, esperamos fazer mais um grande jogo para continuar entre os líderes", avaliou Everton Ribeiro.

Mais conteúdo sobre:
Flamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.