Flamengo
Flamengo

Éverton Ribeiro lamenta nova derrota, mas vê Flamengo ainda na briga pelo título

Rubro-negro cai para o quarto lugar após revés para o Inter fora de casa, por 2 a 1

Estadão Conteúdo

06 Setembro 2018 | 00h10

Se já havia uma insatisfação muito grande no Flamengo, a situação ficou ainda pior após a derrota para o Internacional, por 2 a 1, nesta noite de quarta-feira, no Beira-Rio, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Este tropeço aconteceu três dias depois da queda para o Ceará, por 1 a 0, no Maracanã lotado com mais de 61 mil torcedores. No meio de muita insegurança e desconfiança, fica a promessa de mudança de cenário.

"Nós vamos continuar atrás da recuperação. Neste momento importante, a gente não poderia perder, porque almejamos o título. Mas acho que faz parte. O time tentou, buscou o empate, mas sofreu o segundo gol muito rápido. Assim fica difícil. Daí, tentamos correr atrás de novo, mas o time deles é muito bom", resumiu o meia Éverton Ribeiro sobre a segunda derrota seguida do time carioca.

Mas ele não perde a esperança do time retomar o caminho em busca da liderança. "Vamos com força total no próximo jogo e mostrar que temos condições de sonhar com a primeira posição", concluiu.

O lateral Pará também se mostrou chateado pela derrota, garantindo que não faltou empenho. "Corremos muito e nunca nos entregamos. Infelizmente, falhamos no primeiro gol, depois empatamos, mas eles ficaram de novo na frente. A gente precisa ser mais firme na marcação", apontou.

A derrota fez com que o time carioca perdesse uma posição, caindo para quarto lugar, com 41 pontos. O Flamengo ainda pode terminar a rodada em quinto, porque o Grêmio, que tem 40 pontos, joga nesta quinta-feira diante do Santos, em São Paulo.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebolFlamengoÉverton Ribeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.