Washington Alves/Divulgação
Washington Alves/Divulgação

Everton Ribeiro prega pés no chão e descarta soberba no Cruzeiro

Um dos principais responsáveis pela bela campanha do líder, meia cobra foco nas últimas 9 rodadas e que time não adote o 'já ganhou'

Estadão Conteúdo

20 de outubro de 2014 | 17h54

Depois de duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro reencontrou o seu caminho ao ganhar por 1 a 0 do Vitória, domingo, em Salvador. Como o Inter perdeu pela 29.ª rodada, a equipe mineira voltou a abrir sete pontos de folga na liderança do torneio, agora com o São Paulo na vice-liderança.

Faltando apenas nove rodadas para o fim do Brasileirão e com três vitórias a mais que o São Paulo (primeiro critério de desempate), o Cruzeiro tem tranquilidade na ponta. Mesmo assim, o meia Everton Ribeiro defende que o elenco mantenha os pés no chão.

"É importante para a gente aumentar a vantagem ao mesmo tempo em que diminuem as rodadas. Mas temos que ter calma, não podemos ir empolgando, porque ainda tem uma caminhada longa", destacou o jogador.

Na chegada a Belo Horizonte, Everton Ribeiro também comemorou voltar para casa. Afinal, ele foi direto da Ásia, onde jogou pela seleção brasileira, ao encontro do elenco no Nordeste. "É muito bom estar de volta. E retornamos com mais confiança. Estava com saudade de Belo Horizonte e do Cruzeiro, que é um time que me acolheu muito bem. Estou feliz de estar de volta, principalmente com uma vitória", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.