Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Everton vê concorrência diminuir e pode ressurgir no São Paulo

Atacante larga na frente na disputa para ficar com a vaga de Alexandre Pato, que deve ser desfalque contra o Fortaleza

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2019 | 11h01

Após sofrer com um estiramento muscular na coxa esquerda e perder posição no São Paulo ainda em fevereiro, o meia Everton tem a chance de ressurgir na equipe. Ele sai na frente da possível vaga de Pato, que recupera-se de uma contusão cervical e deve ser desfalque contra o Fortaleza, no domingo.

O desfalque de Pato deve ser confirmado nos próximos dias. Como a delegação embarca já na sexta-feira para Fortaleza, o atacante tem pouco tempo recuperação para o confronto da quarta rodada do Brasileirão.

Na possível disputa por posição, Everton tem mais chances de ser o escolhido pelo técnico Cuca. No jogo contra o Flamengo, por exemplo, o meia entrou após Pato sofrer a pancada no primeiro tempo. Os outros concorrentes são Helinho e Brenner.

O ataque são-paulino já tem os desfalques de Pablo, que recupera-se de cirurgia para retirada de um cisto na região da lombar, e Gonzalo Carneiro, suspenso por suspeita de doping.

O técnico Cuca terá mais quatro dias para trabalhar sua equipe. O São Paulo volta a treinar na tarde desta quarta-feira, no CT da Barra Funda, onde também serão as atividades de quinta e sexta. No sábado, a equipe tricolor finaliza a preparação no CT do Ceará.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.