Everton vence e freia recuperação do Manchester City

A boa sequência do Manchester City chegou ao fim neste sábado. Depois de vencer cinco partidas consecutivas, quatro delas sob o comando do técnico Roberto Mancini, a equipe perdeu para o Everton por 2 a 0, fora de casa, e caiu para a quinta colocação do Campeonato Inglês. Esta foi a primeira derrota de Mancini na frente da equipe.

AE, Agencia Estado

16 de janeiro de 2010 | 18h12

Assim, a equipe se manteve com 38 pontos e foi ultrapassada pelo Tottenham, que empatou em casa com o Hull City por 0 a 0. As duas equipes têm a mesma pontuação, mas o Manchester City está atrás por ter oito gols a menos de saldo.

Na partida deste sábado, Robinho mais uma vez iniciou no banco de reservas. O atacante, no entanto, ganhou uma chance logo aos oito minutos do primeiro tempo ao substituir o paraguaio Roque Santa Cruz, que saiu lesionado. Mas depois de pouco produzir, o brasileiro acabou trocado por Wright-Phillips no início da última etapa.

Apesar da boa fase do adversário, o Everton aproveitou a pressão da torcida e iniciou melhor. O primeiro gol saiu aos 35 minutos do primeiro tempo, em falta bem batida pelo sul-africano Pienaar. Dez minutos depois, Saha fechou o placar em cobrança de pênalti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.