Evo Morales estréia na Segunda Divisão da Bolívia

Presidente boliviano veste a camisa 10 do Litoral de La Paz para protestar contra o veto da Fifa à altitude

Agências internacionais,

26 de abril de 2008 | 16h13

 EfePresidente Evo Morales jogou por 40 minutos e não marcou nenhum gol pelo Litoral de La PazO presidente da Bolívia, Evo Morales, estreou neste sábado no torneio da segunda divisão de seu país na partida do seu time, o Litoral, contra o Municipal. Morales, que tem o objetivo de defender a prática do futebol na altitude, jogou os 40 primeiros minutos da partida. O presidente, de 48 anos, vestiu a camisa número dez e jogou como apoiador. Além disso, correu como todos os outros jogadores e deu dois passes que "por azar, não resultaram em gols", segundo Juan Carlos Apaza, dirigente do Litoral. A partida terminou com a vitória de 4 a 1 do time de Morales e foi jogada no campo do Litoral, equipe que pertence à polícia nacional. O presidente da Bolívia se inscreveu no final de março no elenco do clube para defender a prática do futebol na altitude. A Federação Internacional de Futebol (Fifa, em inglês) vetou a realização de jogos no estádio Hernando Siles, em La Paz, situado a 3.600 metros acima do nível do mar. No entanto, Morales não teve tempo para treinar com os companheiros de equipe, embora jogue futebol com alguns ministros, agentes de segurança e ex-jogadores da seleção boliviana. Segundo Apaza, o presidente se comprometeu a jogar as próximas partidas do Litoral, programadas para 1.º e 11 de maio. Na sua campanha contra o veto da Fifa, Morales participou de uma partida em março ao lado do ex-jogador argentino Diego Armando Maradona em La Paz. A Fifa pediu na semana passada à Federação Boliviana de Futebol (FBF) a mudança do local onde manda as suas partidas nas Eliminatórias da Copa de 2010. Segundo a entidade máxima do futebol, os jogadores são liberados pelos clubes quatro dias antes dos jogos, enquanto o período de adaptação exigido para jogos na capital boliviana é de duas semanas. Veja - Fifa não permitirá jogos em altitute elevada 'sem aclimatação' (15/12/2007) Atualizado às 17h40 para acréscimo de informação

Tudo o que sabemos sobre:
Evo MoralesBolíviaaltitudeFifa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.