Ewerthon: festa dupla no aniversário

A vitória sobre o Grêmio como presente de aniversário. É assim que Ewerthon pretende comemorar os 20 anos completados neste domingo. O atacante vive a expectativa de ganhar o seu segundo título no Corinthians, duas semanas após a conquista do Campeonato Paulista. A festa será completada em casa, no bairro do Peruche. A mãe Cida preparou tudo para receber o filho depois da primeira partida da final da Copa do Brasil. "Vai ser um bolo floresta negra enorme, porque o Ewerthon adora chocolate. Ele não sabe a hora que vai chegar de Porto Alegre, mas vamos ficar esperando para cantar o parabéns", disse a mãe do jogador. O atacante ainda fazia parte dos infantis do Corinthians quando o time conquistou a Copa do Brasil em 1995. Ele não acha que o retrospecto possa ter infuência nesta final. "As equipes mudaram totalmente. No Corinthians só ficou o Marcelinho", diz Ewerthon, que novamente forma dupla com Müller. Ewerthon ressalta que se entrosou com o veterano atacante. Com o gol marcado na vitória contra a Ponte Preta, quarta-feira, em Presidente Prudente, Ewerthon chega ao 15.º na temporada. Ele aproveitou-se da falha do goleiro, após chute do companheiro. "Fico esperto quando o Müller pega na bola."

Agencia Estado,

09 de junho de 2001 | 13h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.