Divulgação
Divulgação

Ex-atacante do Palmeiras que tentou 'ajudar' o rival treina no Corinthians

Dinei tem 32 anos e está sem clube

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2016 | 20h00

Sem clube após deixar o Kashima Antlers, do Japão, o atacante Dinei tem treinado nas dependências do CT Joaquim Grava, do Corinthians, enquanto aguarda por novas propostas. O jogador de 32 anos tem passagem por vários clubes, mas ficou marcado por ser vaiado pela torcida do Palmeiras quando atuava no time alviverde e marcou um gol que ajudaria o Corinthians na briga pelo título do Campeonato Brasileiro de 2010.

O Palmeiras enfrentou o Fluminense no dia 28 de novembro, pela penúltima rodada do Brasileiro de 2010. A equipe carioca precisava da vitória para dar um largo passo rumo ao título, pois enfrentaria o Guarani, já rebaixado, na última rodada. Na Arena Barueri, a equipe alviverde acabou dando mais trabalho do que o esperado e perdeu por apenas 2 a 1, sob vaias de sua torcida, que pedia para “entregar” o jogo e prejudicar o Corinthians.

Dinei, aos quatro minutos do primeiro tempo, colocou o Palmeiras na frente em um belo chute de fora da área. Ele passou a ser vaiado a cada toque na bola. Depois do Palmeiras, onde atuou em 2010 e 2011, ele foi para o Vitória, onde viveu seu melhor momento na carreira e acabou despertando interesse do Kashima, onde atuou no ano passado. Apesar dos protestos dos palmeirenses, o Fluminense acabou sendo campeão brasileiro de 2010.

Outra cara conhecida que tem treinado no CT Joaquim Grava é o volante Maldonado. O jogador, que passou pelo Corinthians em 2013 e fez apenas oito partidas, está com 36 anos e faz tratamento no clube há dois meses. Ele estava no Colo Colo, do Chile.

 

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansPalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.